Login
Web marketing e e-commerce

Web marketing e e-commerce

O que é o e-commerce

O  e-commerce. ou comércio eletrónico, dito de uma forma simples, é a compra e venda de bens e serviços atraves da internet, em lojas online, lojas virtuais, websites ou outras plataformas de negócio digital. Nos dias de hoje, todos estes tipos de sites tem de estar preparados para serem consultados e operados em dispositivos móveis, ou em computadores desktop tradicionais, ou ainda recorrendo a aplicações para dispositivos móveis, como tablets e smartphones. O e-commerce pode envolver vários tipos de agentes, empresas que vendem para outras empresas (B2B), empresas que vendem aos consumidores (B2C) ou ainda plataformas de mediação em que os consumidores que vendem outros consumidores (C2C).

O que é o web marketing

O web marketing é o conjunto de ações integradas e planeadas de modo a usar a Internet, ou a Web, para conquistar mais clientes para o seu negócio. O web marketing é um campo amplo de actuação que inclui desenvolvimento de lojas online, websites, divulgação em redes sociais, otimização para motores de pesquisa (SEO),  publicidade online, etc.

Promover um negócio online com sucesso exige um plano bem estruturado, elaborado por pessoas competentes e exige um grande esforço na sua aplicação prática. Mas a enorme quantidade de pessoas online constituem um potencial que justifica a elaboração de um plano de web marketing pensado para o seu negócio.

Como criar um website

Como criar um website

Como criar um website? 

Com os nossos serviços é fácil ter um website. Tratamos do registo de domínio, do alojamento web e de disponibilizar o gestor de conteúdos que lhe permite manter o seu website.

Mesmo com o advento das redes sociais, uma presença online individualizada, personalizada, e com um nome de domínio próprio é uma necessidade e uma mais valia para indivíduos e organizações.

Para criar um website connosco contrate o nosso serviço de criação de websites em WordPress, que é uma ferramenta que lhe permite gerir os conteúdos do seu website com muita facilidade.

O que está escondido por trás da boa aparência de um web site é centenas de linhas de código e programação, que a ferramenta gestora do website gera automaticamente para que não necessite de grandes conhecimentos para efetuar a gestão do seu site.

Mesmo com a facilidade concedida pelas ferramentas de gestão de conteúdo, prestamos apoio aos nossos clientes, tirando duvidas sobre a operação da plataforma de gestão, implementação de novas funcionalidades, aspetos personalizados, remodelação de sites, etc.

Hoje em dia um web site é uma parte importante da identidade das organizações, é uma necessidade primária no mundo social e dos negócios.

Conte com a ptCommerce como um parceiro de confiança para criar o seu website e futura manutenção.

Saiba mais sobre as nossas soluções para criar um website.

 

Como fazer um blog

Como fazer um blog

Como fazer um blog, é fácil com a ptCommerce. A principal ferramenta de blogging é o WordPress. Os blogs além de permitirem o registo da vida quotidiana,  partilhar visões, soluções e ideias sobre os mais variados assuntos, são também importantes na promoção online de websites, lojas online ou lojas virtuais, e outras forma de presença online.

A ptCommerce propõem como solução frequente o WordPress como solução para websites, pelo que caso tenha já um web site com a ptCommerce, está desde já familiarizado com o interface de administração do blog. Assim como o contrário, se iniciar com um blog fica familiarizado com a ferramenta de gestão de um futuro website que possa vir a criar.

 

Que leis que regulam o e-commerce ?

Que leis que regulam o e-commerce ?

Neste artigo, procuramos responder de forma não exaustiva á questão: Que leis que regulam o e-commerce?

 

Chamamos a atenção que esta informação não foi elaborada por nenhum advogado ou jurista, e pode estar incorreta e muito provavelmente está incompleta. Deste modo deixamos claro que deve consultar um advogado para ter uma informação jurídica correta e completa. Não nos responsabilizamos por qualquer consequência decorrente de alguma incorreção existente da sua livres escolha de seguir estas informações em vez de consultar um advogado.

 

Á data da elaboração deste documento, nas práticas comercias em rede nomeadamente na internet, devem ser observadas de forma genérica as seguintes leis:

  • Decreto-lei 7/2004, conhecido por lei do comércio eletrónico
  • Lei 46/2012, relativa à proteção de dados e à privacidade nas comunicações eletrónicas
  • Decreto-lei 63/1985, conhecido por código do direito de autor
  • Decreto-lei 330/1990, conhecido por código da publicidade
  • Decreto-Lei 138/1990, conhecido por lei dos preços ao consumidor
  • Lei 24/1996, conhecida por lei do consumidor
  • Lei 67/1998, conhecida por lei da proteção de dados pessoais
  • Decreto-lei 143/2001, conhecido por lei dos contratos à distancia
  • Decreto-lei 70/2007, conhecido por lei das reduções de preço
  • Lei 58/2019, conhecida por lei da proteção de dados pessoais (RGPD)

Existem mais leis que regulam a atividade comercial sendo algumas destinadas apenas a sectores de atividade específicos, pelo que esta não é uma recolha exaustiva de toda a legislação aplicável ao e-commerce.

 

Legislação destacada aplicada a lojas online

Destacamos do Decreto-lei 7/2004, conhecido por lei do comércio eletrónico, as implicações que têm na informação que deve ser permanentemente disponibilizada de forma acessível na sua loja online, nomeadamente:

  • Identificação da entidade gestora do site
  • Morada geográfica
  • Endereço eletrónico
  • Numero de contribuinte
  • Outros registos públicos

Destacamos ainda a Lei 46/2012 que implica que a aceitação de Cookies seja previamente concedida pelo visitante, e a Lei 58/2019, conhecida por lei da proteção de dados pessoais, que é complexa e tem obrigações diferentes consoante as atividades das empresas, e outros fatores importantes.

Também salientamos a importância do Decreto-Lei 70/2007, conhecido por lei das reduções de preço, que obriga entre outras coisas, que sejam indicadas as datas de inicio e datas finais das reduções de preço.

 

Notas de alterações

A legislação mencionada nos diplomas acima tem vindo a ser modificada por alterações mais recentes, no entanto uma pesquisa pelos diplomas acima permite aceder no site (https://www.pgdlisboa.pt/) ás alterações efetuadas e ás versões atualizadas.

Exemplos de alterações as leis enunciadas acima

  • Decreto-lei 7/2004 – Alterado pelo Decreto-Lei n.º 62/2009, de 10 de março (artigo 22.º); pela Lei n.º 46/2012 de 29 de agosto (artigos 7.º, 8.º, 9.º, 23.º, 36.º e 37.º e revogação do artigo 22.º e da alínea b) do n.º 1 do artigo 37.º).
  • Lei 46/2012 – procedeu à primeira alteração à Lei n.º 41/2004, de 18 de agosto, e à segunda alteração ao Decreto-Lei n.º 7/2004, de 7 de janeiro.

Ainda no âmbito do comércio eletrónico em geral existe a Iniciativa Nacional para o Comércio Eletrónico, materializada na Resolução do Conselho de Ministros n.º 115/98, de 1 de setembro.

Não podemos garantir a exatidão das informações prestadas nem implica qualquer responsabilidade da nossa parte.

A nossa recomendação é que para aspetos legais deve consultar um advogado.

Criar confiança na sua loja virtual ou loja online

Criar confiança na sua loja virtual ou loja online

Criar confiança na sua loja virtual ou loja online é um fator essencial para o sucesso do seu projeto de e-commerce.

Depois de ter investido várias horas, dinheiro e recursos na sua loja online. Recursos dispêndios no desenvolvimento da plataforma de e-commerce, a criar conteúdos para os seus artigos na loja virtual e na organização dos seus artigos em categorias.

Mais ainda, passou horas a fio a otimizar a site para um bom posicionamento nos motores de busca. Promoveu e promove campanhas para criar visibilidade para a sua loja online, inclusive nas redes sociais como o Facebook.

Os seus esforços acabam por dar resultado, e tem um fluxo regular de visitantes que navegam na sua loja online, chegam mesmo a adicionar artigos ao carrinho com a intenção de comprar. Mas as vendas não aparecem.

Basicamente, poderemos pensar que os visitantes não compram porque não confiam na sua loja online. Deste modo a questão é como estimular a confiança na sua loja virtual criando as condições emocionais para a conclusão da compra.

Podemos considerar que os principais fatores são:

  • O relacionamento pessoal
  • O profissionalismo
  • O reconhecimento
  • O SEO

O relacionamento pessoal

O relacionamento pessoal, é extremamente importante. O comércio é uma atividade social, por isso é importante que crie laços reais com o potencial cliente, minimizando desconfianças.

Uma boa forma de atingir este objetivo é fornecendo informações de contacto precisas e reais.

Apresentar a morada geográfica e um número de telefone bem visível e que permita a confirmação do cliente de que existe alguém disponível do outro lado.

Uma página sobre a empresa ou o negócio que informe sobre a sua empresa, eventualmente sobre os seus funcionários, e a sua história.

 

O profissionalismo

O profissionalismo é entendido primariamente pelo visitante com base na imagem da sua loja online. Uma apresentação cuidada e agradável da loja online é um fator importante.

Por outro lado, a simplicidade na navegação no site, com uma boa organização e funcionalidades que facilitam a interação com o cliente é fundamental.

O profissionalismo também se revela na interação com o cliente, respondendo prontamente ás duvidas e problemas levantados pelo cliente.

 

O reconhecimento

O reconhecimento por outros clientes, ou pela presença em certames, ou referências publicadas sobre a sua empresa nos vários media, devem ser incluidos online.

A ideia é colocar depoimentos de clientes, fotografias de certames, e artigos de jornais ou revistas onde a sua empresa tenha tido destaque.

Todas estas coisas são fatores de confiança, de evidencia de existência profissional e relevante no mercado.

 

O SEO

O SEO, é a atividade que pretende otimizar o desempenho do seu site nos motores de pesquisa (em particular no google).

Se o seu site não aparece nas pesquisas, os seus potenciais clientes só visitam o seu site, loja online, ou loja virtual, se conhecerem o respetivo endereço.

Deste modo o SEO é crucial porque torna seu site mais visível, e isso significa:  maior confiança do consumidor; mais tráfego e mais oportunidades para converter clientes em potencial em clientes.

 

Como obter mais visitantes na sua loja online ?

Como obter mais visitantes na sua loja online ?

Vamos dar-lhe indicações importantes para responder á questão: Como obter mais visitantes na sua loja online ?

Mesmo com uma loja online feita com uma boa plataforma de e-commerce, que seja fácil de utilizar e de manter uma loja online é uma tarefa que ocupa bastante tempo, no qual o numero de produtos é um fator importante, mas não é o único.

Naturalmente procura-se o melhor retorno para os recursos dispêndios dai ser pertinente pensar e planear como otimizar os resultados do projeto de e-commerce e sem visitantes não há negócio.

Um bom principio é ter a sua loja online indexada no google. Para submeter a sua loja no google pode usar o seguinte endereço: https://www.google.com/webmasters/tools/submit-url

Não esquecer que uma loja online sem visitas é uma loja que não vende, por isso é essencial conseguir que encontrem a sua loja e a visitem.

 

Como conseguir visitantes à sua loja online?

Existem várias formas de responder a esta questão, das mais tradicionais até às mais avançadas, que se enquadram nos seguintes tipos:

  • Publicidade do endereço (domínio) nos meios tradicionais;
  • Publicidade do endereço efetuando e-mails de massa;
  • Participação nas redes sociais e fóruns temáticos;
  • Otimização para os motores de pesquisa (SEO);
  • Anúncios online nos motores de busca como por exemplo o adwords do Google;
  • Presença em agregadores como os comparadores de preços;

No primeiro caso difunde-se o endereço pelo maior número de pessoas, recorrendo a folhetos, anúncios na rádio, etc. Com esse endereço as pessoas podem ou não visitar o seu site.

Efetuar e-mails de massa para endereços de correio eletrónico sem serem solicitados é uma prática não aconselhada. Classificada como SPAM é considerada por muitos eticamente reprovável.

A participação nas redes sociais e fóruns temáticos é uma boa forma de dar a conhecer a sua loja online. Nestas comunidades pode e deve ir divulgando o endereço da sua loja virtual ao mesmo tempo que participa nessa comunidade.

A otimização para os motores de pesquisa, normalmente conhecida por SEO (search engine optimization) é outra das formas possíveis. As pesquisas efetuadas na net, por exemplo no Google podem trazer visitantes à sua loja online.

A otimização para os motores de busca (SEO) deve ser efetuada a vários níveis:

  • Otimização do conteúdo
  • Otimização da estrutura da página
  • Otimização dos parceiros

Por último o serviço de publicidade Google Ads  (adWords) é uma também uma boa aposta a fazer. Mesmo com orçamentos limitados é possível trazer alguns potenciais clientes à sua loja online.

A estratégia que aconselhamos é abordar principalmente as seguintes vertentes:

  • Publicidade do endereço (domínio) nos meios tradicionais
  • Participação nas redes sociais e fóruns temáticos
  • A otimização para os motores de busca (SEO)
  • Anúncios online como por exemplo o Google Ads

O maior ou menor enfase em cada uma das vertentes depende da disponibilidade dos recursos. No entanto numa fase inicial, em que o esforço efetuado em outras vertentes ainda não é suficiente para produzir resultados é recomendável optar também pelos anúncios online, mesmo com um orçamento moderado. A participação nas redes sociais e fóruns temáticos têm um efeito de sinergia com a otimização para os motores de busca, pelo que para melhores resultados devem ser efetuados em conjunto.

Tenha em atenção que os resultados não são imediatos e pode demorar alguns meses de esforço para conseguir o fluxo de visitantes desejado.

 

Websites de imagens grátis

Websites de imagens grátis

As imagens, sejam elas fotos, ilustrações ou ícones, são vitais para dar um bom aspeto ao website ou loja online, para chamar a atenção para um produto ou artigo, e como ornamento apelativo que no mínimo comunica bom gosto, Um bom website necessita de boas imagens, boas fotos e ilustrações, com uma boa resolução, e qualidade profissional. Além disso as imagens deve ser contextualizadas com o tema de cada página do website ou loja online em que são usadas.

As imagens, fotos, ilustrações ou ícones podem ser produzidas pelo próprio gestor do website ou loja online com habilidade e competências para isso, ou encomendadas a um fotografo ou a ilustrador profissional, ou ainda adquiridas online num banco de imagens profissionais pago, ou ainda em websites que disponibilizam imagens de alta resolução gratuitamente.

Dentro destes sites existe vários tipos de licenças de utilização das imagens normalmente alguma versão das licenças Creative Commons, ou licenças especificas da empresa proprietária do website que disponibiliza o banco de imagens grátis.

Sempre que recorrer a este tipo de websites para obter imagens grátis, o que aconselhamos é a escolha daqueles que permitem o seu uso comercial sem necessitar de atribuição, ou seja menção da origem (com ou sem ligação), e possibilidade de alterar a imagem.

Após esta extensa introdução e explicação muito difícil de exprimir por uma simples imagem ou mesmo várias imagens, segue uma lista de websites com bancos de imagens grátis.

Ver no final desta página web o significado (legenda) de (1), (2), (3) e (4) que correspondem a diversos tipos de licenças.

 

 

Lista de websites de imagens grátis

 

 

Website de ícones e ilustrações vetoriais

 

 

 

Uma imagem vale mais que mil palavras

Uma imagem vale mais que mil palavras é uma frase muito conhecida, é provavelmente verdadeira quando se usa uma imagem adequada ao que se quer comunicar. Como o cérebro humano processa imagens muito mais rápido que texto, o esforço cognitivo é menor e o essencial da mensagem transmite-se mesmo que a pessoa não se dê ao trabalho de ler o texto.

Por isso ao fazer um novo banner, ou imagem publicitária, ou mesmo um imagem ornamental para o seu website ou loja online tenha o cuidado de usar boas imagens, faça alterações que mantenham ou melhorem o seu aspeto. Procure fazer um bom trabalho de modo a que a qualidade do seu site e dos conteúdos inspirem confiança no seu profissionalismo, marca, organização ou negócio.

 

 

 

Legenda das licenças das imagens

Legenda relativamente ao tipo de licença que pode obter para imagens grátis em cada um dos websites com bancos de dados de fotos, imagens, ícones, e desenhos ou ilustrações vetoriais

  • (1) Permitida a modificação, uso comercial e não é requerida atribuição (se bem agradeçam que seja feita)
  • (2) Licença Creative Commons CC0, significa que é do domínio publico, tudo é permitido
  • (3) Permitida a modificação, uso comercial e é requerida atribuição se a imagem não for alterada
  • (4) Permitida a modificação, uso comercial e é requerida atribuição

Estas informações não dispensam a consulta da licença de cada imagem que escolher. Existem websites de imagens com várias licenças diferentes dependendo da imagem escolhida. As licenças podem variar com o tempo, mas do bom senso e das práticas justas decorre que a licença aplicável é a que está em vigor no momento da obtenção da imagem.

No nosso website usamos imagens, fotos, ilustrações ou ícones, com origem no Pixabay, Pexels e e ResHOT